Rádio

Rádio

Rádio SC

Seguidores

segunda-feira, fevereiro 01, 2016



MENTIRA TEM PERNA CURTA
(Cláudia entra cantando no ritmo da música “Atirei o pau no gato”)

Cláudia: - Eu ganhei uma boneca Que boneca linda! O nome dela é Belinha. Ela é muito, ela é muito engraçadinha, ah!..lálálá
Beto: - Ai, você está alegre, Claudinha! Que boneca linda!
Cláudia: - Eu ganhei hoje de presente de aniversário.
Beto: - Você faz aniversário hoje?
Cláudia: - Não! Foi ontem.
Beto: - Puxa, que legal! Parabéns! Teve festa no seu aniversário?
Cláudia: - Não. Meus pais não puderam fazer festa mas estou feliz, porque eles me deram esta bonequinha.
Beto: - É bonita!
Pituca: - Oi, Claudinha!
Cláudia: - Oi, Pituca
Pituca: - Que boneca bonita, Claudinha!
Cláudia: - Ganhei de aniversário.
Pituca: - Parabéns! Eu queria ganhar uma boneca assim. Trouxe uma corda para a gente pular. Vamos brincar!

Narrador: E assim saíram para brincar de corda. Claudinha deixou sua bonequinha um pouquinho enquanto brincava com seus amigos. Pituca, vendo que Claudinha se distraíra, foi logo ao encontro da boneca, não resistindo em levá-la para casa, escondido de sua amiga. As horas se passaram, quando já cansados resolveram parar e ir embora. Então... (SAEM DE CENA PARA BRINCAR)
Cláudia: - Betinho, cadê a Belinha? A minha bonequinha não está mais aqui!
(CLAUDINHA E BETINHO ENTRAM PROCURANDO A BONECA)
Beto: - Você tem certeza que deixou aqui?
Cláudia: - Claro, não se lembra? Antes de a gente brincar.
Beto: - Deve ter caído.
Cláudia: - Não, ela sumiu. Buá! Buá! Buá!
Pituca: - O que houve, Claudinha? O que está acontecendo?
Cláudia: - Você não viu a minha boneca?
Pituca: - Eeeuuuuuu, eu não, nem peguei!
Cláudia: - Minha mãe vai ficar zangada comigo.
Beto: - Que pena! Mas quem será que pegou? Quem será esse ladrão?!
Pituca: - Tchau, hein, crianças! Já está tarde, minha mãe está me chamando.
Beto: - Eu também já vou.
Cláudia: - Minha mãe vai me bater.

NARRADOR: Pituca, muito sem graça, sai apressada. Ela havia pego a boneca de sua amiga escondido...
No dia seguinte... Acordou bem cedinho, pegou logo a bonequinha para brincar e correu para o quintal, onde seus pais não iriam vê-la com uma boneca que não era sua. Betinho resolveu ir à casa da Pituca levar a corda e convidá-la para brincar. A mãe de Pituca mandou que ele entrasse e fosse até o quintal, pois ela já estava brincando lá. (Entra e vê Pituca brincando com a boneca).

Pituca: - Lá, lá, lá, eu agora também tenho uma bonequinha.
Beto: - Oi, Pituca! (Pituca fica surpresa).
Pituca: - Oooi.. Be-betinho, você aqui?
Beto: - Pituca! Então foi... foi você quem roubou a boneca da Claudinha!
Pituca: - Ai, não fale assim Betinho, você é meu amigo, não é? Não fale nada para a Claudinha, tá!
Beto: - O quê? Além de fazer uma coisa errada, você quer que eu fique quieto e não fale nada para ela? Você quer esconder esta coisa feia que você fez?
Pituca: - A boneca é tão linda! Eu não tenho uma boneca, por isso quis ficar com ela.
Beto: - Esta boneca não lhe pertence, e as coisas não são assim. Você não tem uma agora, mas poderá ter. Roubar é pecado. Já pensou se você for presa?
Pituca: - Presa? Eu? Deus me livre!
Beto: - Mentira tem perna curta! Os olhos de Deus estão em todo lugar a contemplar os maus e os bons. Deus viu o que você fez e está muito triste.
Pituca: - Puxa, eu não quero que Jesus fique triste. Ele não merece. Não tinha culpa nenhuma e morreu por mim na cruz, só para me salvar.
Beto: - Se você não se arrepender e pedir perdão a Deus, continuará com esse pecado.
Pituca: - Eu estou arrependida. Preciso pedir perdão a Deus e a Claudinha. É, mentira tem perna curta! Mas estou com vergonha, Betinho.
Beto: - Vamos lá! Eu te ajudo, eu vou com você. É melhor você confessar o seu erro. Como você viverá com esse pecado?
Pituca: - Tá bom, vamos! (saem de cena).

NARRADOR: Pituca, muito triste e envergonhada, decide ir logo à casa de Claudinha devolver a boneca junto com seu amigo Beto.
(BETINHO E PITUCA ENTRAM EM CENA E SE ENCONTRAM COM CLÁUDIA NA CASA DELA).
Cláudia: - Olá! Não posso sair, estou de castigo porque perdi a Belinha!
Pituca: - Buá! Buá! Buá! Eu vim aqui por causa disso...
Cláudia: - O que houve?
Pituca: - Fui eu que peguei a bonequinha escondida
Cláudia: - Ora. Então foi você?!!!!!
Pituca: - Sim, perdoa-me. Eu queria uma boneca. Não tenho nenhuma, por isso fiquei encantada com a sua e a levei para casa. Mas a mentira tem perna curta! Betinho chegou lá e me pegou no flagra. Eu me arrependi. Não quero desagradar a Deus. Pequei contra Deus e quero pedir perdão a você.
Cláudia: - Ai! Que bom que a minha boneca apareceu! Não fique triste Pituca, eu te perdoo, mas não faça mais isso. Quando você quiser um pouquinho, eu te empresto.
Beto: - Viu, Pituca, agora Jesus está feliz. Que bom! Não se esqueça de que os olhos do Senhor estão em todo lugar a contemplar os maus e os bons.
Cláudia: - Entrem! Vamos!
NARRADOR: E assim aprendemos que a mentira tem perna curta e que não podemos esconder nada, pois Deus tudo vê. Pituca se arrependeu e Claudinha fez uma surpresa para Pituca: pediu a seus pais para comprarem uma boneca para ela no dia do seu aniversário. Ela ficou muito feliz! Como Jesus é bom!

Fonte: http://www.scribd.com/doc/1029495/FANTOCHES-ALEGRIA-DA-GAROTADA


)MÉTODO PARA A HISTÓRIA: Fantoche

VERSÍCULO: Não mintais uns aos outros. Cl 3:9-10

SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

















Nenhum comentário:

Postar um comentário