Rádio

Rádio

Rádio SC

Seguidores

terça-feira, março 29, 2016

 

Essa é uma história que tirei desse site abaixo:
http://missrosangelafeitosa.blogspot.com.br/
Mas achei algumas frases um pouco fora do contexto Bíblico, então fiz algumas modificações.
Deus não castiga o pecado, Ele abomina o pecado, mas ama o pecador. foram essas mudanças que fiz e algumas complementações em algumas frases.
Uma boa história para exemplo que não devemos mentir, nem por brincadeira, pois o pai da mentira é Satanás.

Mentir é pecado


As mentiras de Pablo


Texto Bíblico: Efésios 4:25
Alvo: Que a criança saiba que a mentira é pecado
Criança Salva: Evitar a mentira porque é pecado
Criança não-salva: Crer em Jesus, e abandonar suas mentiras

    ESBOÇO:
1    Pablo vendia chapéus
2    Pablo andava com o Missionário
3    Pablo mentia muito
4    O missionário deu-lhe uma tarefa
5    Mentiu para os meninos
6    Tinha que colocar os pregos da mentira
7    O pau ficou marcado pelas mentiras
8    Pablo creu em Jesus e deixou as mentiras

   Pablo morava no México. Ele usava 9 sombreiros (chapéus), não porque estava frio no México, mas porque era muito quente, nem porque tinha nove cabeças (porque ele tinha só uma cabeça como você e eu), mas sim porque ele vendia sombreiros. Ele sabia que podia vender nove sombreiros num só dia, o serviço estava bom e voltava para casa contente. Ele andava nas ruas gritando: - Sombreiros! Ó sobreiros bonitos! Sobreiros baratos! Só R$ 10,00.

Um dia chegou à sua cidade um missionário. Ele andou de casa em casa deixando uma bíblia e pregando o evangelho. Ele mostrava a todo mundo como Jesus Cristo, o Filho de Deus, morreu na cruz pelos nossos pecados, ressuscitou e agora está nos esperando lá no céu. O missionário a todos explicava que também podiam ser salvos, bastava confessar seus pecados a Jesus Cristo, pedi-lo perdão e aceita-lo como Salvador e mestre de sua vida.

     Pablo ficou com pena do missionário porque ele precisava levar sempre muitas bíblias consigo e as bíblias eram muito pesadas. Então ele lembrou: - Meu pai tem um burro! e pensou:
    Meu pai não usa muito esse burro e sei que o missionário poderá aproveitar bastante. Vou falar com papai.      Ele foi, falou com o pai e ele emprestou.  - Olha senhor, meu pai disse que podes aproveitar o nosso burro enquanto está na cidade. O burro pode carregar as Bíblias e os outros livros para o senhor.

    - Ótimo! - disse o missionário.
    Pablo ajudou o missionário a colocar a s coisas nas costas do burro. Quando chegou a hora de sair para as visitas, o missionário pegou a corda que estava ao redor do pescoço do burro e começou a andar. Porém o burro empacou recusando-se a sair do lugar. O missionário puxou, mas o burro não deu nem um passo sequer. Vendo isso, Pablo aproximou-se e cochichou no ouvido do burro e logo ele começou a andar. Então os três (o missionário, o burro e Pablo) foram para a primeira casa.
    Após a visita, o missionário pegou a corda do burro, mas a mesma coisa aconteceu. Pablo, de novo cochichou no ouvido do burro e este seguiu o missionário. E porque apenas Pablo podia andar no burro não precisava sempre fazer as visitas com o missionário.
     Mas logo o missionário notou que Pablo tinha um problema muito sério. Ele sempre mentia, sempre estava soltando suas mentiras. O missionário aconselhou-o bastante para não mentir, pois Deus não gosta de mentira. Mentira é pecado e Deus não se agrada de ver as pessoas mentindo uns aos outros. Mas Pablo pensou:
    Ah! O missionário sempre está preocupado com a minha mentira. Por que ele não me deixa em paz?
(nesse momento pergunte para as crianças)... Será que vocês já mentiram? Será que vocês já falaram mentiras como Pablo? Mesmo que tenha falado só uma mentira ainda assim é pecado. Deus não gosta do pecado e o pecado nos trás consequências tristes. Precisamos deixar nossas mentiras e falar sempre a verdade.

   Certa ocasião o missionário precisava sair da cidade, mas antes de sair falou para Pablo:

     - Olha Pablo eu preciso viajar esta semana. Pode prometer fazer alguma coisa para mim enquanto estou fora?
    - Depende. O que é?
    - Está vendo aquele poste onde amarram os animais?

    - Estou.
    - Está vendo esse martelo e esses pregos?

    - Estou.
    - Olha eu vou lhe emprestar esse martelo e esses pregos se você  prometer bater um prego naquele poste cada vez que soltar uma mentira.
Pablo pensou um pouco e disse: - Isso é fácil. Sim, eu prometo. Então o missionário entregou o martelo e os pregos nas mãos do missionário e foi embora.


      Logo seu amigo Beto chegou.
    - O que você tem Pablo? Beto perguntou.
   - Martelo e pregos. Você lembra daquele missionário que sempre vem aqui? Ele me ama tanto que quis me dar um presente antes de viajar. Então ele me deu esse martelo e esse pregos.
    - Ele é um bom homem. Ele te deu outra coisa? Olhando para Pablo com muitas dúvidas.
      Sim ele me deu uma gravata roxa com bolinhas verdes.

    - Que bonito! Ele te deu mais?
    - Sim, também me deu botas. Botas caras. Botas bonitas.
      Beto não estava muito convencido, olhando para os pés descalço iguais os dele e não vendo a gravata no pescoço do seu amigo.
    - E onde você guarda estas coisas?
     Pensando rapidamente respondeu Pablo: - Olha o que o missionário me deu está guardado no banco da cidade, você sabe, naqueles lugares bem seguros onde os ricos guardam o seu dinheiro.
    Os dois amigos se separaram para voltarem para casa para jantar. Naquela noite Pablo olhou para o martelo e os pregos e pensou nas mentiras que falara.
      Cedo na manhã seguinte, Pablo foi para o poste com a consciência pesada e o martelo na sua mão e os pregos no seu bolso.

     POW! Um prego para mentira sobre o martelo e os pregos. POW! Outro prego para a mentira da gravata.        POW! Um terceiro para a mentira sobre as botas. POW! Mais um para a mentira sobre o banco.
     Enquanto estava batendo os pregos no poste, o seu amigo, Beto chegou.
     - O que está fazendo? – Perguntou Beto.
     - Ó, eu estou só batendo uns pregos aqui para pendurar os meus sombreiros! - Respondeu Pablo.
     POW! Mais um prego por aquela mentira. E assim foi toda aquela semana. Mentido e batendo pregos.
   O que o missionário vai pensar de mim, quando voltar? E por alguns dias Pablo ficou preocupado com tantos pregos naquele poste. O missionário voltou.
     - Ó Pablo, como você vai? Você cumpriu sua promessa?
     - Cumpri sim.
     - Deixe-me ver. Vamos ao poste.
      Chegando ao poste o missionário disse: - Ó Pablo, quantos pregos! Estou satisfeito que você colocou todos os pregos.
     - Você gostou que falasse tantas mentiras?
    - Não, mas estou satisfeito que você reconhece que falou as mentiras. Agora, Pablo quero que você arranque todos os pregos deste poste. Pablo pensou: Mas eu bati tão bem, e agora preciso tirar? Isso vai ser difícil.



      Mas Pablo sentou no chão e arrancou todos os pregos. Isso demorou porque ele tinha batido muitos pregos naquele poste.
    - Mas teria sido melhor se não houvesse falado tantas mentiras, Pablo! Olha agora o poste vai ficar com todos os sinais dos pregos. Nunca ficará como era antes. Mentiras e outros pecados marcam a sua vida. São pecados e todos nós temos pecados, você tem pecado, eu tenho pecado. Mas JESUS ama você. - disse o missionário.

    A Bíblia diz que Jesus, o Filho de Deus, ama você, mesmo que você tenha feito as coisas erradas. Ele morou aqui na terra, nunca fez coisa errada, mas houveram algumas pessoas que não gostaram dele e o crucificaram. Ele não ficou morto, mas ressuscitou no terceiro dia e hoje vive nos céus com o Pai. Pablo, você crê que Jesus ama você e morreu por você? Quer recebê-lo agora mesmo, como seu Salvador? 
   - Pablo, com lágrimas nos seus olhos, disse: - Sim eu quero! 

E lá ao lado do poste, na rua, Pablo se ajoelhou e confessou seus pecados e convidou Jesus Cristo entrar na sua vida e ser seu Salvador. Ele pediu o Senhor Jesus Cristo para ajudá-lo. Depois disso, ele andava nas ruas vendendo sombreiros, mas ele, também falava de Jesus a todos que encontrava. Deus mudou a vida de Pablo e Ele pode mudar a sua vida. Convide Jesus entrar na sua vida agora mesmo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário